segunda-feira, 16 de março de 2009

Comemoração do Dia da Árvore


A Assembleia de Compartes dos Baldios de Vila Cova e Mascoselo, levará a efeito no próximo dia 22 de Março (domingo), um conjunto de actividades com o objectivo de assinalar o acontecimento.

As comemorações inserem-se num projecto mais ambicioso, denominado Serões do Conhecimento - Aprender para melhor Viver , que a entidade juntamente com um grupo de auspiciosos voluntários, leva a efeito na freguesia e que consiste na formação “para a vida”, quer para os mais jovens mas sobretudo para os menos jovens. Neste momento encontram-se já em formação duas turmas de informática, uma de Inglês e uma de Iniciação à leitura e à escrita, que envolvem aproximadamente 40 formandos, que representam cerca 20% da população.

Tendo em conta que o sábado é um dos principais dias de formação, foi decidido transferir o evento para o dia seguinte, que sendo domingo permite uma maior envolvência de toda a comunidade.

O Programa compor-se-á das seguintes actividades:

- 15:00h- Concentração no Largo da Igreja;

- 15:30h- Visita guiada a um apiário (conjunto de colmeias);

- 16:30h – Visita guiada ao moinho dos Currais;

- 17:00h-Plantação de 12 árvores (três arvores por cada turma de formação, que no total simbolicamente representam os 12 meses do ano);

- 17:30h- Largada de aproximadamente 200 balões biodegradáveis, no Largo da Capela de Nossa Sra. De La Salette, (um por cada comparte). Balões esses que transportarão sementes de azevinho (sensibilização das plantas autóctones).

As comemorações encerram com um lanche comemorativo.

13 comentários:

  1. Muito bem...mais uma boa iniciativa.
    Programa interessante, nomeadamente a largada dos balões com sementes de azevinho…
    Até porque o azevinho, para além da sua beleza natural, tem um significado de esperança..
    Uma teoria pagã, indica que o azevinho serve para proteger a casa e a respectiva família, impedindo que “coisa menos boas” passem pela soleira da porta..
    Vila Cova, após a largada dos baloes ficará portanto, mais bela… mais protegia
    Já agora…é necessário convite???
    ehehehe

    ResponderEliminar
  2. Sim, também considero uma grande iniciativa, a ideia de lançar balões com sementes de azevinho… efectivamente trata-se de mais uma das ambiciosas iniciativas que esta “equipe” se tem esforçado por realizar.
    O azevinho é uma árvore nobre. Já entre os Romanos era trocado como presente, nos nossos dias, tornou-se a principal árvore de Natal, e em Inglaterra, por exemplo, era considerado sagrado.
    Liga-se também à história cristã, como sendo a planta que permitiu esconder Jesus dos soldados de Herodes. No entanto, no inicio a Igreja proibia as verduras, acabando mais tarde por consenti-las como símbolo de vida.
    Que estas sementes germinem e floresçam em Vila Cova… e que também aqui simbolizem a vida, a prosperidade, o inicio de muitos projectos a concretizar… e que por si só, Vila Cova se torne um destino apetecível, sem necessidade a convite.
    Todos são bem -vindos a esta Terra!

    ResponderEliminar
  3. =) Boa tarde ...
    Passei aqui, apenas para dizer que acho tudo isto uma boa continuação.

    Todos nós sabemos que o azevinho é uma àrvore que está em vias de extinção, mas ... será que só o azevinho merece "atenção"?! :S
    E porque não misturar-mos também outras sementes como por ex: Mimosas ,a àrvore do algodão de que tanto o meu pai me fala, e que existia no recreio da nossa escola , mas infelizmente alguém a cortou/mandou cortar ! :'(
    Mas por esta mesma causa é que o nosso "grupo", tem/deve continuar a plantar arvores, plantas , seja o que for mas que ao menos ajude o nosso planeta a ficar melhor , não poluindo etc !


    Bem ...
    Despeço-me então, deixando os meus respeitosos cumprimentos.

    Beijinhos =)

    ResponderEliminar
  4. Olá a todos

    De Londres envio cumprimentos a Vila Cova seus habitante e meus conterraneos.

    Aqui deixo os meus parabens por esta e tão nobres iniciativas que se têm vindo a suceder em Vila Cova, terra dos meus pais e avós, por isso também minha por sinal. Fico feliz com isso claro e deixo um bem haja por não deixarem cair esta maravilhosa terra no esquecimento, a todos os envolvidos nestes projectos em especial a minha irmã Sonia Cruz que sei que tem especial carinho por esta terra.
    Um Abraço e os meus Parabens.
    Bruno Cruz

    ResponderEliminar
  5. ACORDEM!
    Futuro para Vila Cova?!
    Onde estão os jovens?
    Por mais idiotas que sejam, vejam a vossa terra está envelhecida, infelizmente!
    O Sr. Maurício, talvez tenha vindo fora de época...
    Um abraço

    ResponderEliminar
  6. Sim... é necessário acordar! Se Vila Cova está envelhecida? Sim, sem duvida que está. Os jovens? É verdade, há muito poucos! Mas é verdade que os pouco que há têm o dever de se empenharem pela sua terra, tal como o Sr. Maurício, que se diz ter vindo fora de época. Quanto a mim se tiver que o inserir em alguma época, sim...seria numa época muito à frente! No então, mais à frente na época ou fora dela...diz o ditado, que "VALE MAIS TARDE DO QUE NUNCA".
    Com todo o respeito, à livre opinião a que todos temos direito, gostaria apenas de salientar que não é porque outros deixaram Vila Cova envelhecer, que não possa haver gente com vontade de ajudar Vila Cova a rejuvenescer. Até porque embora sendo uma pequena aldeia, tem recursos valiosos! O necessário é TRABALHAR e ACREDITAR!
    Se não acreditarmos, se não trabalharmos, se não mostrarmos aos jovens que somos poucos mas somos capazes...Então sim, não vale a pena...sentamo-nos e assistimos à sua decadência.
    Não me parece que seja o propósito dos jovens desta tão bela terra! Por isso ACREDITAMOS!

    Para reflectirmos:

    Ainda que os teus passos pareçam inúteis, vai abrindo caminhos, como a água que desce cantando da montanha. Outros te seguirão....( Saint-Exupéry)

    Os dias prósperos não vêm ao acaso; são granjeados, como as searas, com muita fadiga e com muitos intervalos de desalento.
    (Camilo Castelo Branco)

    ResponderEliminar
  7. olá Sonia quero dar os meus parabéns a quem está a tentar que não seja esquecida uma terra que nos diz tanto, também sou cruz e a minha terra é vila cova, um abraço para o meu primo Guilherme

    ResponderEliminar
  8. as memórias que tenho de vila cova são tão remotas que ainda penso que algumas pessoas lá estão, mas gostava de falar com quem está a fomentar a nossa terra, porque vejo gente da minha familia que se interessa por este pedaço de terra, gostava de falar contigo sónia, não só por seres minha prima mas também por fazeres com que alguém se sinta feliz com estas noticias

    ResponderEliminar
  9. Olá José!
    Bem haja pelos comentários... o abraço ao meu pai será entregue. Percebo que deve estar longe de Vila Cova,mas agora que encontrou o blog, que acredito ter sido uma alegria, ainda que virtualmente poder visitar as suas raizes....talvés não possa fazer muito por esta terra, mas pode sempre consultar o blog e dar sugestões que lhe pareçam convenientes... mas também porque não aparecer um dia em que esteja prevista alguma actividade, e assim rever a familia, os amigos e as suas raizes...

    ResponderEliminar
  10. José, terei todo o prazer em falar consigo. E então quando me diz que o meu avô era seu tio... tenho ainda mais, pois mal pode imaginar o que este avô representou e representa para mim... Para falar comigo, deixe aqui um contacto seu, um mail, o msn, ou um contacto telefónico, que eu entrarei em contacto.
    Até sempre!

    ResponderEliminar
  11. olá Sónia o meu contacto:jose.portas@hotmail.com bjs

    ResponderEliminar
  12. desculpa por ser assim mas estou com problemas de ligação e já tentei mandar o andereço várias vezes sem o conseguir

    ResponderEliminar
  13. gostei de ver a demonstração sobre o funcionamento do moinho de agua, feita pelo Jaime que para alem de ser meu primo tem o nome do teu avô. como está a Conceiçâo? já agora sou capaz de aparecer brevemente... bjs.

    ResponderEliminar