segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Projecto de Toponímia

Depois de no passado fim de semana a Junta de Freguesia ter apresentado em reuniões efectuadas em Mascoselo e Vila Cova, nos dias 5 e 6 respectivamente o projecto de toponímia para freguesia, o mesmo irá ficar em discussão pública até ao próximo dia 31 de Agosto, conforme deliberação da Assembleia de Freguesia.
As sugestões/reclamações deverão chegar à Junta de Freguesia até às 24h do dia 31 de Agosto de 2011.

1 comentário:

  1. Projecto de Toponímia.
    Dada a situação actual, época das vacas magras, não sei se o assunto terá pernas para andar por impedimento económico.
    É um assunto que a freguesia, também pode e deve, avivar, discutir e finalizar... tendo em vista melhorar o ordenamento, identificativo, das vias e acessos locais, de outro modo não tinha qualquer interesse ….
    Dada a existência de um REGULAMENTO MUNICIPAL TOPONÍMIA E NUMERAÇÃO, as coisas tornar-se-ão mais fáceis.. Não esquecer o nº de Polícia....
    Afigura-se que a marcação TOPONÍMICA, deve ocorrer, tão só, mo meio urbano, neste caso, no seio da freguesia.
    Abordando a nomenclatura proposta à discussão, só uma observação,:
    Gentes de Vila Cova, estais a olhar um pouco só para o vosso umbigo….
    O nome de Avenidas, Ruas, Ruelas, Calçadas, Quelhos, Quelhas, Canelhos, Lugares, Lugarejos, obedecendo a uma hierarquia, devem ser atribuídos em memória ou não, de alguém que mereça essa atenção, elogio, distinção , pelos seus feitos, de beneficência, heroísmo, carácter e amor à aldeia, cidade, região e/ou País..., não esquecendo os próprios locais que a população imortalizou.
    De modo algum pretendo esquecer, diminuir, rebaixar o valor e o nome das gentes laboriosas, honradas e honestas que, embora locais e já não pertencem ao reino dos vivos.
    Deveriam ser também contemplados nomes cujo significado fosse colectivo: AV./Rua/Calçada/Largo por Ex: Combatentes, Emigrantes, Poetas, Escritores, Animais e Plantas …….
    É um facto, só os Vilacondenses, podem e devem tratar deste melindroso assunto. Eu não o posso discutir,embora muito goste dessa terra, mas estou longe.
    Somente quis deixar este apontamento e estou confiante que o Autarca Local está atento ao desenvolvimento do assunto que, não sendo muito relevante, é delicado dada a sua especificidade e situações subjacentes.

    ResponderEliminar